• sexta-feira , 26 maio 2017 - Com a informação se combate o preconceito!

Dolce & Gabbana se dizem contra adoção por casais LGBT; Elton John pede boicote

Elton John criticou as declarações de Dolce & Gabbana de que as famílias de casais gays não são “famílias de verdade” e que crianças concebidas por inseminação artificial são “sintéticas”.

Elton John criticou as declarações de Dolce & Gabbana de que as famílias de casais gays não são “famílias de verdade” e que crianças concebidas por inseminação artificial são “sintéticas”.

Os estilistas Dolce & Gabbana provocaram uma revolta mundial. Eles disseram que famílias gays não são “famílias de verdade”. Preconceitos como esse, ditos por pessoas de destaque, funcionam como arma na mão de políticos homofóbicos para atacar o direito de famílias que não se encaixam no modelo tradicional.

Nós nos opomos à adoção homoafetiva. A única família é a família tradicional. Quando se nasce, você tem um pai e uma mãe. A procriação deve ser um ato de amor. Ou pelo menos é assim que deveria ser, e essa é a razão por que eu não gosto de crianças feitas por química, bebês sintéticos, úteros de aluguel, sêmen escolhido por catálogo.

A declaração provocou revolta ao cantor Elton John, que é casado e muito mais influente, no entanto, decidiu não deixar isso barato. Ele usou sua conta no Instagram para retaliar as afirmações homofóbicas dos italianos e propor um boicote a sua marca. Elton John é casado há vários anos com David Furnish, com quem tem dois filhos:

Como você pode se atrever a chamar meus lindos filhos de “sintéticos”? Você deve ter vergonha de apontar seus dedinhos preconceituosos para a inseminação artificial – um milagre que permitiu que multidões de pessoas amorosas, hetero e homossexuais, realizassem seus sonhos de ter filhos. Seus pensamentos arcaicos estão fora de compasso com os tempos, assim como sua moda. Eu nunca mais vou vestir Dolce & Gabbana. #BoicoteDolceGabbana

How dare you refer to my beautiful children as

O compositor deu mais declarações ao jornal The Guardian: “É um absurdo que dois designers de moda gays que devem tanto de seu sucesso à comunidade gay se oponham à igualdade. Eles estão se alinhando com o Papa e a extrema direita em seu apoio à discriminação legal. Se eles não querem ser pais, tudo bem, mas é um grande insulto rebaixar os muitos pais homoafetivos que criam seus filhos bem e felizes.”

Os estilistas já voltaram atrás. Ontem Gabbana declarou que “nossa intenção nunca foi julgar as escolhas das outras pessoas. Nós acreditamos na liberdade e no amor”. Dolce disse que expressou seu ponto de vista tendo por base sua própria experiência, como alguém que cresceu numa família siciliana tradicional “feita de mãe, pai e filhos. Eu estou muito consciente do fato de que há outros tipos de famílias, e que elas são tão legítimas quanto as que eu conheci.”

Nada disso parece aplacar a revolta das celebridades mundiais, no entanto.
Victoria Beckham escreveu: “Mandando meu amor para Elton David Zachary Elijah & todos os lindos bebês de fertilização in vitro”.

A roqueira Courtney Love declarou que vai juntar todas suas peças Dolce & Gabbana e queimá-las: “eu não tenho palavras ou emoções o bastante no momento”, disse, para depois pedir que seus fãs boicotassem a marca.

Ryan Murphy, roteirista de Nip/TuckGleeAmerican Horror Story escreveu: “As opiniões horrorizantes desses designers nunca estão na moda. Suas roupas são tão feias quanto seu ódio”.

Ricky Martin também deu sua opinião: “Suas vozes são poderosas demais para se espalhar tanto ódio. Acordem, é 2015, amem vocês mesmos.”

 

Assine a carta para Dolce & Gabbana

O grupo All Out mobilizou uma campanha que recolhe assinaturas que serão enviadas à marca. 


Nós podemos limitar os danos causados por essa declaração 
demonstrando nosso apoio a famílias de todas as formas e tamanhos: de pais e mães solteiras, de pais e mães gays, lésbicas, bissexuais ou trans, ou ainda de crianças adotadas ou concebidas por inseminação artificial.

Nós acreditamos que famílias são feitas de amor e que todas merecem a mesma proteção. Por isso, não vamos deixar a intolerância vencer. Clique aqui e assine.

Elton John criticou as declarações de Dolce & Gabbana de que as famílias de casais gays não são “famílias de verdade” e que crianças concebidas por inseminação artificial são “sintéticas”.

Elton John criticou as declarações de Dolce & Gabbana de que as famílias de casais gays não são “famílias de verdade” e que crianças concebidas por inseminação artificial são “sintéticas”.

Com informações de Ladobi e All Out.

Relacionados

3 Comentários

  1. Veja o que os ativistas gays fizeram para Dolce e Gabbana loja de Londres hoje - 4You
    19 de março de 2015 at 22:28 - Reply

    […] A Fundação Peter Tatchell e LGBT Out organizaram uma carta que recolhe assinaturas pela internet.… […]

  2. Madonna se envolve em polêmica de Dolce & Gabbana sobre fertilização in vitro - 4You
    20 de março de 2015 at 18:30 - Reply

    […] astro pop Elton John, que cria com seu marido, David Furnish, duas crianças concebidas por tratamento de fertilidade, […]

  3. Sol da manhã
    8 de agosto de 2015 at 16:07 - Reply

    Pessoas são livres pra expor suas opiniões, sejam elas quem forem, se pessoas são influenciadas por opiniões alheias, essas não podem ser responsabilizadas por isso, é só mais uma opinião; dizer que pessoas famosas influenciam, é dizer que o povo não tem opinião própria, e isso não é verdade, alguns sim e outros não, então eu posso defender o que acredito e o meu semelhante não?! As pessoas complicam instigando outras à maldade, o ato de instigar boicote é maldade no coração; dizer que não concorda com o pensamento ou opinião ou comportamento, etc, é expor sua opinião, sua forma de pensar; daí a prejudicar o negócio dos outros, estimular o ódio, por não concordar com a opinião alheia achando que só a deles importa é certo?! Somos todos iguais, defendendo a nossa existência e sobrevivência, com livre arbítrio; nos amando, nos aceitando e nos entendendo, ficará bem mais fácil…DEUS abençoe a todos muito mais ainda…